Você está aqui: Página Inicial > Adm. Indireta > FCJA > Citações

Citações de José Américo de Almeida

Há muitas formas de dizer a verdade. Talvez a mais persuasiva seja a que tem a aparência de mentira.
*
Se escapar alguma exaltação sentimental, é a tragédia da própria realidade. A paixão só é romântica quando é falsa.
*
O naturalismo foi uma bisbilhotice de trapeiros. Ver bem não é ver tudo: é ver o que os outros não vêem.
*
A alma semibárbara só é alma pela violência dos instintos. Interpretá-la com uma sobriedade artificial seria tirar-lhe a alma.
*
Há uma miséria maior do que morrer de fome no deserto: é não ter o que comer na terra de Canaã.
*
É um livro triste que procura a alegria. A tristeza do povo brasileiro é uma licença poética ...
*
Os grandes abalos morais são como as bexigas: se não matam, imunizam. Mas deixam a marca ostensiva.
*
O regionalismo é o pé-do-fogo da literatura... Mas a dor é universal, porque é uma expressão de humanidade. E nossa ficção incipiente não pode competir com os temas cultivados por uma inteligência mais requintada: só interessará por suas revelações, pela originalidade de seus aspectos despercebidos.
*
O amor aqui é um tudo-nada de concessão lírica ao clima e à raça. É um problema de moralidade com o preconceito da vingança privada.
*
Um romance brasileiro sem paisagem seria como Eva expulsa do paraíso. O ponto é suprimir os lugares-comuns da natureza.
*
A língua nacional tem rr e ss finais... Deve ser utilizada sem os plebeísmos que lhe afeiam a formação. Brasileirismo não é corruptela nem solecismo. A plebe fala errado; mas escrever é disciplinar e construir ...
*
Valem as reticências e as intenções.


Voltar para o topo
Plataforma Padrão CODATA de Portais
Desenvolvido com o CMS de código aberto Plone